• Santa Casa no Facebook

NOTÍCIAS

29/03/2019

Santa Casa de Franca recebe presidente da CMB

Nesta quinta-feira, 28 de março, esteve em visita à Santa Casa de Franca o senhor Edson Rogatti, Presidente da Confederação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas (CMB), diretor-presidente da Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo (FEHOSP), vice-presidente do Fórum Nacional das Instituições Filantrópicas (FONIF), membro do conselho fiscal do ‘Coalizão Saúde’.

Rogatti foi recebido pelo presidente do Complexo Hospitalar Santa Casa de Franca, Tony Graciano, que juntamente com seus diretores, José Cândido Chimionato e Sidnei Martins de Oliveira proporcionaram um momento de troca de informações com os gestores da instituição e com órgãos de imprensa, além da ilustre presença do Coronel Brandão representando o Senador da República Major Olímpio.

Na ocasião, Edson Rogatti falou sobre o contato que teve junto ao novo presidente Jair Bolsonaro, explanando sobre a importância das Santa Casas para a prestação de serviços ao SUS; elogiou a gestão realizada nas Santas Casas e Hospitais Filantrópicos e em especial da Santa Casa de Franca, que tem se destacado no cenário Estadual e também no Brasil, com implantação de um modelo inovador de gestão administrativa, com acompanhamento de todos os processos, e utilização racional de recursos, financeiros, humanos, suprimentos, etc. – gerando economia e equalização do equilíbrio econômico-financeiro.

Discorreu ainda sobre a importância de investimento nas Santas Casas por parte dos municípios, que devem focar nos aportes financeiros a estas instituições que já possuem estruturas hospitalares bem equipadas totalmente capacitadas a atenderem a população SUS, ao invés de desperdiçarem investimentos em novas estruturas que irão onerar ainda mais estes municípios. Completou ainda, dizendo: “...o problema das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos no Brasil não é de gestão, pois isto já está sendo muito bem feito por elas; o problema real é a falta de financiamento que obriga estas instituições a conviverem com um constante déficit...”, concluiu Rogatti.

Após conceder entrevistas aos veículos da imprensa local, Edson Rogatti se dirigiu ao Centro Administrativo do Complexo Hospitalar Santa Casa, onde participou de uma reunião mais reservada, em que a diretoria administrativa e a equipe técnica fizeram uma apresentação de indicadores e demandas da instituição junto às esferas governamentais e parlamentares.

Concluída a reunião, Rogatti participou de um almoço com os diretores e se despediu agradecendo a acolhida do presidente Tony Graciano, do 2º vice-presidente Sidnei Martins de Oliveira, do diretor administrativo José Cândido Chimionato e dos gerentes das equipes técnicas e administrativas.

Fundação Santa Casa de Misericórdia de Franca 2014 © Todos os Direitos Reservados